Dia das crianças sem peso na consciência.

No que depender do sobrepeso infantil no Brasil, não há muito que comemorar, já que seu crescimento alcançou 1.000% em 40 anos.

O que significa que 39% das crianças brasileiras estão com excesso de peso ou obesidade. E a tendência é que esse número continue aumentando.

As crianças estão sedentárias, comendo o que querem, quando querem e se querem. Então as mamães perguntam: Mas precisa mesmo emagrecer assim tão novo? Todos precisam comer bem e manter um peso saudável, inclusive as crianças. E comer bem, não é sinônimo de comer muito, mas de comer alimentos saudáveis.

Então, começamos a entender o papel da reeducação alimentar, que visa remodelar a ideia da dieta chata e sem graça. Reeducação alimentar pode ser gostosa sim, com horários, limites, sem restrições excessivas, isso para as crianças é fundamental.

E que tal começar a colocar essa ideia em prática na festinha do dia das crianças? Essa é uma dica de cardápio já executada por uma mamãe-nutricionista e serve de inspiração para novas criações.

Cardápio:

 Gelatina de açúcar orgânico de morango e abacaxi, doce de abóbora natural, cupcake de bolo de cenoura, biscoito integral com a carinha do tema da festa, biscoito de polvilho (pode ser pronto), saladinha caprese, melancia em forma de picolé, mexerica, uva vermelha sem semente na casquinha de sorvete, espetinho de frutas, wrap de queijo com alface, milho cozido e suco natural feito na hora de laranja lima e melancia. Além de cenoura e pepino servidos com creme azedo e bisnaguinhas.

Claro que a água do suco tem que ser Puríssima né!? E uns copinhos de água geladinhos espalhados pela mesa ajudam a criançada a se refrescar com mais constância e facilidade.

E uma receitinha básica pra motivar novas criações:

ESPETINHOS DE TOMATE COM QUEIJO E MANJERICÃO

Tomate cereja, manjericão fresco e mussarela de búfala. Mas pode substituir a mussarela de búfala por queijo em palito.

Espetinho de tomate, queijo e manjericão. (Crédito: Revista Vínculo)

Espetinho de tomate, queijo e manjericão. (Crédito: Revista Vínculo)

 

Fontes: Boa Forma UOL e Revista Vínculo

Deixe uma resposta